O número é um recorde durante o período contabilizado

paciente Deonia Ribeiro teve sua alta festejada pelos profissionais de saúde. Foto: Divulgação

O Hospital Regional de Luziânia (HRL) coleciona boas histórias e excelentes resultados. Em pouco mais de um ano de operação, a unidade já celebrou mais de 1646 altas de pacientes recuperados da Covid-19, sendo 1.125 só nos sete primeiros meses de 2021. Apenas no mês de julho, o hospital bateu o recorde de altas em um único mês. Ao todo, 205 pacientes puderam voltar para suas casas após tratamento para minimizar os sintomas da doença.

Entre os recuperados está Deonia Ribeiro dos Santos, de 85 anos. Residente de Luziânia, ela recebeu alta após passar 26 dias internadas no HRL. Antes de sua saída, ela preencheu seu nome no painel Árvore da Vida – projeto lúdico para homenagear todos os pacientes recuperados -, e foi saudada pelos profissionais da saúde que a acompanharam durante o tratamento. Na saída do hospital, parte da equipe se reuniu com os familiares de Deonia. Cartazes, balões e músicas embalaram o reencontro da senhora com sua família.

Dos 1125 recuperados, 546 são moradores de Luziânia. Pacientes de outras cidades também entram na lista, como Valparaíso, Cidade Ocidental, Planaltina de Goiás e Cristalina. Os pacientes que recebem alta devem ficar 14 dias em isolamento domiciliar afim de evitar uma possível reinfecção e também para se recuperarem no conforto de suas casas. Neste período eles devem continuar obedecendo as orientações de distanciamento, utilização do álcool em gel e máscara. Eles são acompanhados remotamente pela equipe do Hospital Regional de Luziânia que avaliam a recuperação e podem recomendar uma reinternação, se necessária.

Como a Covid-19 e suas variantes afetam as pessoas de diferentes formas, o tempo de internação varia para cada paciente. O diretor-geral do HRL, Francisco Amud, comemora o alto número de altas. “Os 1125 pacientes recuperados puderam voltar para suas casas e famílias em tranquilidade graças ao ótimo tratamento oferecidos aqui no HRL. Ficamos todos felizes que conseguimos oferecer esse reencontro”, contou.

Mesmo com o aumento da vacinação em Luziânia e região, os protocolos de cuidados com a Covid-19 devem continuar sendo seguidos. “Uma pequena parte da população parou de seguir as recomendações de isolamento, utilização de álcool em gel e mascara depois que se vacinaram. Devemos relembrar que a Covid-19 ainda afeta os vacinados, mesmo que de forma mais branda. Os cuidados devem continuar sendo seguidos para no futuro voltarmos tudo ao normal”, conclui Francisco Amud.

O Hospital Regional de Luziânia continua com seu esforço em cuidar e recuperar seus pacientes da forma mais rápida e segura possível. Os 1125 recuperados se juntam aos 751.790 recuperados no estado de Goiás.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content