O Hospital Regional de Luziânia (HRL) que estava sem uso foi equipado e modernizado para atender melhor a população do entorno de Brasília. O processo de estadualização da unidade possibilitou a chegada de equipamentos e a contratação de pessoal técnico especializado. O hospital conta com uma nova e eficiente infraestrutura para atender os pacientes.

Gerenciado pelo Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento – IMED, o hospital agora conta com 72 leitos, sendo 20 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 31 para pacientes em estado semicrítico. O local é equipado com tomógrafo, Raio-X, desfibriladores e monitores multiparamétricos.

Tratamento Covid-19

A unidade recebeu 11 ventiladores pulmonares recuperados pela Universidade Federal de Goiás (UFG), Instituto Federal de Goiás (IFG) e pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). No dia 11 de junho, o hospital recebeu um reforço de 11 novos respiradores. Os equipamentos serão utilizados em leitos críticos para assistência de pacientes graves. Cerca de 140 profissionais foram contratados no primeiro processo seletivo.

Nesse primeiro momento, o Hospital Regional de Luziânia está atendendo pacientes com síndrome respiratória aguda grave. Cerca de 1,2 milhão de pessoas moram na região e serão beneficiadas pela abertura da unidade de saúde. Após a pandemia de Covid-19, o HRL se tornará referência no atendimento à população do Entorno de Brasília. 

Galeria

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *