Em quatro dias o Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento – IMED – projetou, executou e colocou em operação um tanque de oxigênio de 13 mil metros cúbicos no Hospital Regional de Luziânia. Cheio, o reservatório pesa 22 toneladas. Ele armazena um insumo vital nesses tempos de pandemia: oxigênio para as Unidades de Terapia Intensiva (UTI).

O tanque já está em funcionamento. Por isso foram retirados do HRL os mais de 50 cilindros que precisavam ser trocados manualmente. O novo sistema foi dimensionado para atender, com folga, os leitos de UTI. O abastecimento está previsto para acontecer uma vez a cada mês e se houver necessidade pode ser pedida uma recarga a qualquer momento. A empresa de gás medicinal faz o serviço liberando quem trabalha no hospital para se dedicar exclusivamente às funções de acolher e tratar pacientes com síndromes respiratórias graves.

Hospital de Luziânia

O Hospital Regional de Luziânia (HRL) começou a receber os primeiros pacientes com sintomas de Covid-19 no dia 20 de maio de 2020. Vieram transferidos pela central estadual de regulação de vagas do Estado de Goiás. Os leitos são ocupados gradualmente, a partir da avaliação diária e conjunta da direção com a Secretaria Estadual de Saúde.

Estadualizado, após passar oito anos em obras, o HRL foi o primeiro hospital do entorno do Distrito Federal dedicado a tratar pacientes com sintomas respiratórios agudos causados pelo novo coronavírus. Cerca de 1,2 milhão de pessoas, que moram na região, foram beneficiadas.

IMED

A Organização Social Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento (IMED) é uma entidade privada, sem fins lucrativos. Ela presta serviço de relevante interesse público na área de saúde. Administra unidades básicas de saúde em Minas Gerais, o Hospital de Urgência de Trindade (HUTRIN) e, desde maio de 2020, o Hospital Regional de Luziânia e o de Formosa, todos em Goiás.

Fundada em 2013, o IMED zela pelo bem estar dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) em todas as unidades que administra. O Instituto promove gestões competentes com uso racional de recursos e investimento em tecnologia e pessoal especializado.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *