Série de cuidados pode evitar infecções respiratórias como a pneumonia

Diante de uma infecção agressiva como a covid-19, o sistema imunológico dos pacientes costuma a se enfraquecer. Nesse momento é importante os profissionais de saúde estarem atentos para a prevenção de outras doenças. Com este foco, o Hospital Estadual de Luziânia (HEL) preparou na última terça-feira (15) uma palestra dos dentistas Jhonatan Braga Bezerra e Ana Flávia Teles sobre a importância da higiene oral para os pacientes.

A ação foi voltada principalmente para os internados na UTI e que utilizam a ventilação mecânica. A pneumonia associada à ventilação (PAV) ocorre devido à baixa imunidade em conjunto com a perda da barreira natural entre a orofaringe e a traqueia, que contribui para o acumulo de secreções.

Jhonatan Braga alertou sobre a necessidade de medidas para que essas infecções não ocorram. “A PAV tem uma elevada frequência nas UTI em diversos hospitais do país. Para que essa ocorrência diminua é necessária a adoção de medidas preventivas que estejam incluídas na rotina dos cuidados de enfermagem, como a higiene oral com antissépticos”, explica. Ela compõe a lista de procedimentos com 12 técnicas fundamentais para os cuidados dos pacientes, como higiene adequada das mãos, angulação do leito entre 30 e 45 graus e rotina de aspiração de secreções subglótica.

O evento foi realizado pela Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH), em conjunto com a equipe de fisioterapia e também por dentistas. Para o diretor-geral do HEL, Francisco Amud, a higiene oral é um dos aspectos mais importantes dentro de um hospital de campanha. “Devido à baixa imunidade de nossos pacientes, é nosso dever evitar qualquer outra situação que possam colocá-los em riscos. Devemos salvar vidas”, finaliza.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content