Dia 15 de setembro é a data mundial para falar sobre importância do diagnóstico precoce e tratamento adequado da doença

Foto: Youtube

Cuidar da saúde é fundamental para que as pessoas tenham qualidade de vida. Por isso o diagnóstico precoce e o tratamento adequado de doenças como o linfoma são tão importantes. As unidades IMED – Hospital Estadual de Formosa (HEF), Hospital Estadual de Luziânia (HEL), Hospital Estadual de São Luís dos Montes Belos (HESLMB) e Hospital Estadual de Trindade (Hetrin) destacam a importância do Dia Mundial da Conscientização sobre os Linfomas, celebrado em 15 de setembro.

A data foi criada pela Coalização Linfoma, organização internacional que luta pela prevenção e diagnóstico precoce da doença. O linfoma é um tipo de câncer que afeta o sistema linfático, parte do corpo responsável pela defesa do organismo contra doenças e infecções. Também pode surgir nos tecidos linfáticos, como os linfonodos, o fígado, o baço e a medula óssea.

Existem dois tipos: linfoma de Hodgkin (LH), mais facilmente identificável, e o linfoma não-Hodgkin (LNH) que não tem um tipo celular característico. Os principais sintomas do linfoma são febre (vespertina); surgimento de ínguas, (carocinhos que aparecem no corpo) sem motivo específico; perda de peso; perda de apetite; coceira na pele; fadiga; sudorese noturna anormal.

O tratamento dos linfomas é realizado com ajuda de quimioterapia e radioterapia, mas, em alguns casos, também pode ser necessário a realização de transplante de medula óssea.

Segundo informações da Coalizão Linfoma, os dois tipos de linfoma acometem de 1 milhão de pessoas no mundo, e no Brasil, o registro é de cerca de 150 mil casos por ano. Dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), informam que cerca de 4 mil pessoas são vítimas fatais de linfomas no país, grande parte justamente por desconhecimento sobre esta doença, pois quando diagnosticada a tempo, apresenta elevado índice de cura.

As unidades hospitalares do IMED fazem campanhas de conscientização sobre doenças que acometem o sangue e os tecidos como o linfoma, sempre incentivando as pessoas a doarem sangue e a participarem do cadastro para doação de medula óssea. “A informação, o diagnóstico precoce, o cuidado e a solidariedade são fundamentais para e enfrentamento da doença”, afirma o Diretor do IMED, Getro Pádua.

A segunda temporada da live Amor Cantado – Acolhimento Musical – é um dos mais importantes projetos do IMED de conscientização e amparo emocional a pacientes e equipes médicas, é transmitida para o HEF, HEL, HESLMB e Hetrin. “O Linfoma é uma doença silenciosa, por isso é importante alertar a todos para que fiquem atentos aos sintomas e se cuidem”, disse o cantor voluntário Hercílio Ramos Júnior.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content