Pacientes e equipe do HRL durante live – Foto: Divulgação

Na tarde desta quarta-feira (12), a dona de casa Maria Malta Pereira dos Reis, 60 anos, estava extremamente emocionada. Depois de passar três dias na UTI do Hospital de Urgências de Trindade (Hutrin), ela foi transferida para a enfermaria. A boa notícia veio acompanhada de uma “live musical” com sua música preferida, “Como é grande meu amor por você”, de Roberto Carlos. Maria Malta tem dois filhos, netos e um cachorrinho da raça Pug chamado Neném.

Mais de 100 pessoas acompanharam a segunda edição da “live” Amor Cantado – Acolhimento Musical, que é uma iniciativa do Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento – IMED, Organização Social que administra hospitais em Goiás. Desta vez, os pacientes puderam fazer pedidos de música.
Além de Roberto Carlos, o cantor Hercílio Ramos Júnior, também atendeu o pedido de outra Maria, Maria Flávia dos Santos, que queria ouvir “Chão de Giz”, de Zé Ramalho. “É uma oportunidade única de levar música boa para pessoas que precisam tanto de uma palavra de carinho”, disse Ramos.

O objetivo do projeto é levar música de qualidade para os pacientes internados e diagnosticados com a Covid-19. A ação desenvolvida pelo Instituto visa a humanização dos hospitais e dos atendimentos oferecidos à população.

Participam da iniciativa os hospitais Hutrin e Regional de Luziânia (HRL). A iniciativa é transmitida pela TV IMED (http://www.youtube.com/channel/UCy3VN3tclg9U_4EL5Zs4ydg), e pode ser acompanhada pelos pacientes nas TVs dos quartos, pelos parentes dos internados através de celular ou Smart TV e pelos funcionários dos hospitais na recepção.

“Percebemos que os pacientes gostam muito dessa interação. A música ajuda na cura e proporciona um momento de descontração, diz Getro de Oliveira Pádua, diretor do Imed.

O poder da música

Hercílio Ramos Júnior, engenheiro formado pelo Mackenzie que há 15 anos dedica parte de seu tempo realizando ações e projetos sociais. Desde o início da pandemia ele coordena o projeto Canta para mim, destinado, principalmente, às casas de repouso. Por meio de suas redes sociais, ele se disponibiliza a cantar as músicas escolhidas pela audiência para que se sintam acolhidas durante o período de isolamento social.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *