Neste 29 de setembro é importante lembrar que manter uma rotina e alimentação saudáveis faz bem ao coração e evita a ocorrência de doenças cardiovasculares

O coração é um dos órgãos mais importantes do corpo humano, tanto no aspecto físico, pois é responsável pela manutenção da circulação de sangue, como afetivamente por estar é ligado às emoções. Por isso o Dia Mundial do Coração, comemorado em 29 de setembro, foi criado para que todos parem e reflitam que é necessário manter hábitos saudáveis para evitar as doenças cardiovasculares.

Segundo a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), criadora da data, as enfermidades que causam males ao coração acometem 520 milhões de pessoas em todo o mundo, sendo um problema de saúde pública e a principal causa de mortes no planeta. E os problemas cardíacos podem ser causados por fatores como hipertensão, obesidade, diabetes, problemas de tireoide, colesterol alto, tabagismo, estresse, histórico familiar, entre outros, além de doenças menos comuns como Chagas ou amiloidose cardíaca. A Opas oferece teste gratuito sobre a saúde do coração na calculadora de riscos cardiovasculares, é gratuito.

O acompanhamento com o profissional de saúde é muito importante, por isso é fundamental ir às consultas médicas de rotina, fazer exames, tomar as medicações quando prescritas, e principalmente buscar atendimento médico em situações de emergência. As unidades hospitalares do Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento – IMED no interior de Goiás: Hospital Estadual de Formosa (HEF), Hospital Estadual de Luziânia (HEL), Hospital Estadual de São Luís dos Montes Belos (HESLMB) e Hospital Estadual de Trindade (Hetrin) estão sempre à disposição da população.

Uma rotina saudável, com exercícios e alimentação cardioprotetora, é aliada do coração. Segundo cartilha desenvolvida pelo Ministério da Saúde e Hospital do Coração, os alimentos in natura, frescos ou minimamente processados como frutas, verduras, legumes, cereais (arroz e feijão, por exemplo), carnes, ovos, derivados do leite, entre outros, ao serem consumidos fazem bem ao organismo. Por outro lado, é recomendável reduzir o consumo da comida ultraprocessada industrialmente, pois tem maior quantidade de sal e ingredientes artificiais.

“Manter o coração saudável é muito importante para uma boa qualidade de vida, por isso os hospitais geridos pelo IMED aqui no interior de Goiás estão sempre atentos à saúde de nossos pacientes e colaboradores”, afirma Getro de Oliveira Pádua, diretor do IMED.

A live “Amor Cantado” é o projeto de acolhimento musical das unidades hospitalares geridas pelo IMED, em Goiás. O cantor voluntário Hercílio Ramos Júnior faz um importante alerta aos ouvintes e telespectadores. “Cuide da saúde do seu coração para poder viver e ser feliz com as pessoas que estão ao seu redor”.  A live anima as tardes de quartas-feiras com transmissão on-line pelo Youtube e nas unidades hospitalares.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content